Fracassei, e agora?


Por Thais Lira

fracassar

Devo confessar que: não desisto facilmente das coisas. Sempre foi uma característica que faz parte de mim. Quando era um pouco mais nova (e enxergava as coisas de um jeito um pouco mais fácil), sempre dizia que “se eu quiser alguma coisa, eu conseguirei”; pois faria o que fosse preciso para que essa “coisa” acontecesse. Sempre quis ultrapassar meus próprios limites. Nunca fui de me impor limites. E nunca deixei que colocassem limites em mim. “Eu vou até o fim!”, era minha frase predileta. Acontece que as circunstancias da vida, acabam mudando a gente por inteiro. A gente acaba aprendendo a respeitar nossos próprios limites. Foi exatamente o que aconteceu comigo. Acabei me curvando. Compreendi e aprendi que algumas vezes, “o fim” nem sempre significa que chegamos ao topo, que conseguimos o que queríamos, que estamos no alto, que conquistamos, que vencemos… Bom seria se vencêssemos e estivéssemos no topo sempre. Mas não é assim que as coisas funcionam. A grande verdade, é que em alguns momentos da vida (por mais persistentes e insistentes que sejamos), “o fim” não sera aquele “fim promissor”, qual a gente espera. Sera o fim, de fato. Muitas vezes, iremos falhar. Iremos fracassar. Estaremos curvados, com a cara no chão. Mas, não devemos nos render a nos mesmos. Precisamos absorver o ensinamento que os “lugares baixos” nos trazem. Um desses ensinamentos, eu aprendi. Aprendi que as pessoas que tentam fazer alguma coisa, e acabam falhando e fracassando, não devem sentir-se inferiores aos que conseguiram. Conseguir, vencer, chegar aonde queremos, é – e sempre sera – algo bom. Mas, a tentativa é algo fundamental na vida do ser humano. O ponto mais alto, mais promissor na vida do ser humano, não é quando ele tenta e chega ao topo. E sim quando ele fracassa, e tenta novamente, depois disso. As pessoas que tentam e falham, são infinitamente melhores do que aqueles que simplesmente não tentam.

o-fracasso

 


Gostou desse artigo? Compartilhe com os seus amigos. Essa foi sua sua primeira visita ao blog? Junte-se a mim, tornando-se um seguidor e acompanhe as novidades publicadas por aqui, em seu e-mail. Ou, você pode curtir a fanpage do blog e acompanhar tudo por la, tambem: http://www.facebook.com/blogdalira para outros assuntos: pontodalira@gmail.com 

 

2 comentários em “Fracassei, e agora?

Olá! Seu comentário passará por aprovação. Se seguir nossos procedimentos, ele estará disponível em algumas horas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s