Qual o propósito de sua existência?


QUAL O PROPÓSITO DE SUA EXISTÊNCIA - BLOG PONTO DA LIRA - POR THAIS LIRA - definitiva
Qual o propósito de sua existência?

Há alguns anos atrás, publiquei em uma de minhas redes sociais, que éramos todos breves e passageiros. Falei sobre nossa temporária estádia neste mundo. Mencionei que não acreditava ser possível estarmos aqui sem um motivo, sem um “porquê”. Não consigo acreditar que termos sido colocados sob este céu, e termos tido a oportunidade de pisar sobre este solo, seja apenas um acaso do universo. Não acredito que estamos aqui, para uma vida vã, ou para vivermos em vão. E concluí meu pensamento, dizendo que enquanto questionamos tudo e todos, sentados, sem fazer absolutamente nada… O (nosso) tempo vai passando, e de repente:  Acaba-se o tempo. E com ele, vão-se os planos não realizados, os momentos não vividos, o amor não compartilhado, o tempo desperdiçado, a vida não vivida.

Acredito piamente, que cada um de nossos antepassados, passou por aqui por um motivo. E se estamos aqui, não tenho dúvidas: Há um propósito. A princípio, este propósito pode não ser muito claro a nós. Podemos demorar muito tempo para enxergá-lo, compreendê-lo e aceitá-lo. E pode ser que isso nunca aconteça. Pode ser que nossos olhos jamais contemplem o nosso real propósito na terra. Pode ser que, de repente, a vida passe. Pode ser que venhamos partir. E não haja nada além de alguém que partiu. Alguém que viveu como se nunca tivesse estado aqui.

Por outro lado, pode ser que em algum momento da vida, nosso propósito torne-se claro aos nossos olhos. Pode ser que nossos olhos o contemple, o compreenda, o aceite, e o vivamos até o dia de nossa partida. E quando isso acontecer, sentirão a dor de nossa partida, mas sobretudo, se lembrarão de quem fomos, de como vivemos. E guardarão consigo tudo o que deixamos em nosso percurso. E quando não estivermos mais aqui, e não houver mais nada de nós, ainda haverá.

Um legado.

Desde que compreendi isso, passei a tratar o porquê de minha existência, como prioridade. Mesmo havendo muitos questionamentos dentro de mim acerca do tudo, do todo, e principalmente: do EU; coloco meus olhos sobre o meu propósito. Trabalho minha mente para que ela esteja sempre direcionada à minha missão de vida.

Quando isso me ocorreu, percebi que tudo estava diferente a minha volta. Na verdade, tudo estava diferente dentro de mim.0338d5adf89b9df42ddc246749c15dee

Essa é a minha concepção sobre a minha existência.
E a sua, qual é?

Caso tenha preferência, ouça essa reflexão:

Update: Espero que tenham gostado da novidade. A ideia de reproduzir os artigos em áudio, veio a mim através de alguns amigos, há algum tempo (valeu, Ismael!). Mas foi através do super incentivo do meu irmão Raphael, que eu resolvi colocar a ideia em prática. Prometo ir aperfeiçoando, para que o áudio fique cada vez melhor a vocês.

Beijo e queijo!


FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER
assinatura-blog-ponto-da-lira

17 comentários em “Qual o propósito de sua existência?

  1. Acho que na vida tudo tem um propósito, só que uns sabe esse propósito e outros vivem a vida por viver. A minha existência quero ser mais do que uma menina comum, quero ser algo que os outros vejam e se lembrem de mim :D. Amei seu artigo :*

    Curtir

  2. Prezada Thais,

    definiria o propósito de minha existência com uma única palavra de ação “viver”, mas; com a máxima expressão de mim mesmo, com consciência e o conhecimento de que minha existência é apenas um suspiro de vida na imensidão do espaço-tempo cósmico.

    Os átomos de nosso corpo foram preparados dentro das nebulosas planetárias anteriores à nossa estrela Sol, somos a continuidade física e biológica de eventos puramente aleatórios e sem qualquer propósito aparente. Não há nada metafísico em nós, mesmo que utilizemos a filosofia que imagina um ser (expressão existencial) e um ente (sujeito cognoscente), estas palavras são expressões linguísticas figurativas inventadas por nós para melhorar a nossa auto-compreensão.

    A cada volta de nosso planeta pelo arrasto gravitacional de nossa estrela, seguimos o caminho galático junto com bilhões de outras estrelas e outros planetas cujos seres que adquiriram consciência também devem estar fazendo esta pergunta.

    Quando morremos nossa consciência acaba e sobram apenas memórias do que fomos na consciência de nossos semelhantes.

    A explicação do cientista Sean Carroll é a mais realista possível para esta pergunta.

    Parabéns pelo artigo.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Percepção super interessante. Gosto de ver a minha existência com “outros olhos”. Gratidão por passar aqui, e deixar um pouco do seu “eu”, aqui comigo e com os meus leitores.

    Curtir

  4. Linda a sua perspectiva!
    Concordo bastante com isso também. Creio que mesmo não sabendo (ainda) o nosso propósito devemos buscar uma vida guiada pelos bons sentimentos, pelo bem e pelo amor, pois independente do que façamos, eles são a garantia de que deixaremos algo de bom por onde passarmos e, assim, podemos ficar tranquilos com a nossa consciência para que a morte seja mais uma etapa dentre tantas que já passamos ao longo da vida.

    Beijos!

    Curtido por 2 pessoas

  5. Lindo e reflexivo texto e muito pertinente para a época que estamos vivendo . Sim, há um propósito divino para cada um de nós que aceitamos neste Planeta Terra quando do nosso nascimento , portanto , é nossa obrigação cumpri-lo .

    Curtido por 1 pessoa

  6. Eu mtas vezes penso que nunca vou descobrir o meu .. q um dia serei como uma folha arrancada e que não deixei nada pra trás. Outras vezes que vivo diariamente deixando rastros … não os percebo e as pessoas marcadas pelo meu rastro talvez também não, talvez nunca se lembrem de mim … mas já fiz tantos atendimentos onde sei que aquele meu tempo ou minha intervenção foram preciosos … que penso que nesses momentos deixei minhas pegadinhas. A cada novo paciente que atendo tenho uma nova chance divina pra provar que sou capaz de cumprir uma boa missão fazendo a diferença na vida das pessoas … talvez no dia-a-dia eu ignore essa dádiva que me é concedida e faça apenas o que tem q ser feito … mas ter essa chance em mãos é algo poderoso. Saber que a tem e não fazer nada … é desastroso. Que angústia.

    Curtir

  7. Puxa, Paty! Me sinto honrada em receber uma mensagem como a sua, aqui no blog. Fico feliz que tenha aberto o seu coração a receber meu texto, e que ele tenha te levado a uma reflexão mais profunda ao seu respeito. Não tenha dúvidas de que você já tem contribuído com as pessoas que -de algum modo- têm se conectado a você. O meu desejo, francamente, é que nessa sua passagem… Todo o seu propósito torne-se cada vez mais claro a você. E que você jamais ignore a dádiva que lhe tem sido concedida. Você é demais! ❤

    Curtir

Olá! Seu comentário passará por aprovação. Se seguir nossos procedimentos, ele estará disponível em algumas horas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s